O uso de drogas lícitas e ilícitas traz riscos à vida das pessoas e, anualmente, provoca perdas de milhões de dólares na economia de diversos países. Os acidentes de trabalho tornam-se mais prováveis, a produtividade do trabalhador diminui e o desempenho do funcionário tende a se tornar inconstante. Tudo isso põe em risco a vida do profissional – e o emprego dele. As faltas, atrasos, acidentes e indenizações prejudicam a sustentabilidade das empresas e aumentam os gastos com saúde e previdência. O caminho é a prevenção. 

O uso de drogas no ambiente de trabalho é um assunto que deve ser abordado na empresa, com estratégias adequadas ao ambiente, com diálogo franco voltado para a qualidade de vida. A empresa deve incentivar campanhas e programas, como parte de sua responsabilidade social, para integrar seus empregados e alertar sobre riscos – e prejuízos – causados pelo consumo de drogas.

Registe-se para recever as Alertas mensais do IDPC e obter informação sobre questões relacionadas com as políticas de drogas.