A hepatite C é possivelmente a doença grave que mais combina prevalência generalizada com desconhecimento generalizado. De acordo com a Organização Mundial da Saúde (OMS), esse problema de saúde pública urgente mata 350.000 pessoas por ano e 150 milhões têm a forma crônica do vírus da hepatite C (VHC). A incidência de novas infecções simplesmente não é conhecida em nível mundial. No entanto, o VHC é totalmente evitável e curável na maioria dos casos.

Com o propósito de investigar a extensão do desafio de saúde representado pelo VHC, a Economist Intelligence Unit, em nome da Janssen, realizou 16 entrevistas detalhadas com especialistas, incluindo autoridades de saúde nacionais e internacionais, ativistas, pesquisadores e pessoal médico, bem como uma extensa pesquisa documental.

Registe-se para recever as Alertas mensais do IDPC e obter informação sobre questões relacionadas com as políticas de drogas.