Este estudo comparativo sem precedentes sobre o impacto das leis de drogas e os sistemas prisionais em oitos países da América Latina – Argentina, Bolívia, Brasil, Colômbia, Equador, México, Peru e Uruguai – revela que as leis de droga contribuíram às crises de prisão nestes países.

A versão em português vai ser difundida nos próximos meses. Como parte do estudo, WOLA e o Transnational Institute (TNI) produziram uma série de vídeos que destacam os efeitos negativos das duras leis contra as drogas. Clique aqui para assistir o vídeo sobre o Brasil.

Registe-se para recever as alertas mensais do IDPC e obter informação sobre questões relacionadas com as políticas de drogas.