Os dados de novos diagnósticos de infecção por VIH e a prevalência de VIH entre 2005 e 2010 sugerem a quede de taxas de infecção entre os utilizadores por via injectada (UDIs) na União Europeia (EU). No entanto, recentes aumentos das taxas de infecção do vírus VIH e da Hepatite C (HCV) sugerem o aumento de riscos de injecção em alguns países. A cobertura de medidas de prevenção eficazes aumentou, mas é ainda baixa em vários países. Os dados globais sugerem um risco continuado de novos surtos de infecção por VIH nos UDIs.

Mantenha-se a par dos desenvolvimentos das políticas das drogas subscrevendo o Alerta Mensal do IDPC.