Por 

Pessoas que usam drogas (PUD) podem ser consideradas como um grupo de risco na epidemia do COVID-19. Elas costumam viver às margens da sociedade, com pouco ou nenhum acesso a moradia, emprego, recursos financeiros, assistência social e de saúde e enfrentam discriminação e criminalização sistemáticas na maioria dos países. Muitos PUD têm vários problemas de saúde, o que pode aumentar o risco (fatal) de infecção por COVID-19 (incluindo doenças de longo prazo, como DPOC- doença de obstrução pulmonar crônica, HIV, TB, câncer e outras condições que reduzem o sistema imunológico). Os serviços de redução de danos costumam ser o único ponto de contato para as PUD acessarem o serviço de saúde. Eles fornecem serviços sociais e de saúde e suporte básico, e funcionam como um link essencial para outros serviços que salvam vidas.