A Suprema Corte do México, em decisão histórica, deu um grande passo para a legalização da maconha ao conceder a autorização do cultivo, consumo e transporte da maconha sem fins comerciais à 4 cidadãos.

Essas 4 pessoas integram a Sociedade Mexicana de Autoconsumo Responsável e Tolerante e defendem a legalização como uma forma de combater a violência provocada pelo narcotráfico.

Embora a droga ainda não esteja, de fato, legalizada, a decisão é um grande passo contra a guerra às drogas, estimulando o debate sobre a regulação num país marcado pela ferocidade do narcotráfico.

Leia o artigo completo.

Registe-se para recever as Alertas mensais do IDPC e obter informação sobre questões relacionadas com as políticas de drogas. 

Thumbnail: Wikipedia