O ministro Edson Fachin, do Supremo Tribunal Federal (STF), finalizou seu voto sobre a descriminalização do porte de drogas para uso pessoal. Agora, cabe ao presidente do tribunal, Ricardo Lewandowski, marcar data para a retomada do julgamento. No último dia 19,após o voto do relator, ministro Gilmar Mendes, Fachin pediu vista para analisar melhor o assunto. Além de Fachin, outros nove ministros ainda votarão.

Ministro do Supremo Tribunal Federal, Edson Fachin, havia pedido vista para analisar melhor o assunto, no último dia 19; além de Fachin, outros nove ministros votarão - Jorge William / Agência O Globo

Gilmar considerou inconstitucional o artigo 28 da Lei de Drogas, que considera criminosa a pessoa que “adquirir, guardar, tiver em depósito, transportar ou trouxer consigo, para consumo pessoal, drogas sem autorização ou em desacordo com determinação legal”.

Leia o artigo completo.

Registe-se para recever as Alertas mensais do IDPC e obter informação sobre questões relacionadas com as políticas de drogas.