A clínica de reabilitação para dependentes químicos Alvorada, em Vargem Grande Paulista, na Grande São Paulo, foi fechada nesta segunda-feira (31) após inspeção da Vigilância Sanitária constatar irregularides no local, como alimentos vencidos e sujeira.  O Ministério Público investiga a clínica desde 2009 por suspeita de maus tratos aos pacientes.  

Segundo o MP, durante visita de rotina da Vigilância Sanitária, que constatou irregularidades, como comida estragada e muito lixo, os pacientes pediram que um representante da promotoria fosse chamado. Após a chegada da promotora Maria Julia Kury, os pacientes relataram casos de maus tratos. O MP não especificou quais eram os tipos de abusos.

Leia o artigo completo.

Registe-se para recever as Alertas mensais do IDPC e obter informação sobre questões relacionadas com as políticas de drogas.