A violência interpessoal e o uso de drogas ilícitas são grandes desafios de saúde pública que estão intimamente ligados. O envolvimento em usos de drogas pode aumentar os ricos de ser vítima e/ou perpetrador de violência, enquanto experienciar violência pode aumentar os riscos de iniciar uso de drogas ilícitas. Continua o debate se a relação entre drogas e violência é causal ou uma associação, com as duas a serem ligadas através de factores de risco partilhados. Os impactos da violência interpessoal relacionada com drogas podem ser substanciais, danificando a saúde individual e a coesão e desenvolvimento de comunidades, ao mesmo tempo que desloca recursos de outras prioridades, particularmente entre os serviços de saúde e justiça criminal. Globalmente, a violência interpessoal conta com cerca de meio milhão de mortes por ano (1); por cada morte há muito mais vítimas afectadas pela violência fisicamente, psicologicamente, emocionalmente e financeiramente As drogas ilícitas são usadas por milhões d indivíduos em todo o mundo e tanto os seus efeitos como a natureza dos mercados de drogas ilícitas apresentam graves impactos na saúde e na sociedade (2-4).

O relatório sumariza as ligações entre a violência interpessoal e o uso ilícito de drogas, identifica os factores de risco para o envolvimento em violência relacionada com as drogas, descreve medidas de prevenção que se dirigem à violência relacionada com as drogas e explora o papel da saúde pública na prevenção. Discute as ligações entre as drogas e a violência baseando-se nas evidências disponíveis, focando principalmente nas drogas ilícitas, Em geral, o uso ilícito de drogas prescritas não é discutido e as ligações entre o álcool e a violência foram tratadas noutros lugares (5).

Registe-se para recever as alertas mensais do IDPC e obter informação sobre questões relacionadas com as políticas de drogas.