O encarceramento, sobretudo o encarceramento feminino, acentua vulnerabilidades e violências já vivenciadas antes mesmo do cárcere. O Projeto Gênero e Drogas, do Instituto Terra, Trabalho e Cidadania – ITTC, desde 2015 atua no sentido de demonstrar os impactos da guerra às drogas nas mulheres.

Durante esse período, a apuração de dados demonstrou o crescimento do encarceramento feminino em decorrência dos crimes relacionados a drogas na América Latina e em alguns países da Europa. No Brasil, entre 2005 e 2014, o número de mulheres presas por delitos relacionados a drogas aumentou 290%.

Em sua campanha mais recente, o Projeto Gênero e Drogas apresenta a vídeo-animação “O que a política de drogas tem a ver com mulheres?”, que mostra por meio de 9 histórias baseadas em relatos reais, violações de gênero decorrentes da política de drogas.

Leia o artigo completo.

Registe-se para recever as Alertas mensais do IDPC e obter informação sobre questões relacionadas com as políticas de drogas. 

Thumbnail: Flickr CC Olli Homann